NÃO GOSTOU

Silvio Santos detona programa de Patrícia Abravanel: ‘Besteira’

Bruno Pinto

Em meio a uma das maiores crises de audiência de sua história, um grave problema que se estende desde o ano passado, o SBT já promoveu uma série de mudanças com o objetivo reverter a situação que vem tirando o sono dos executivos e, claro, de Silvio Santos. Além do verdadeiro troca-troca de horários na programação, o Homem do Baú resolveu colocar um ponto final na história de algumas atrações, dentre elas na do “Vem Pra Cá”, programa diário apresentado por Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano.

Meses após o fim da atração, que sequer conseguiu completar o seu primeiro ano no ar, Patrícia abriu o coração e revelou o real motivo pelo qual seu antigo programa acabou. Em entrevista ao podcast “O Pod é Nosso”, a filha número quatro de Silvio Santos contou que, embora tenha sido devidamente aprovado pela alta cúpula do canal paulista, o “Vem Pra Cá”, desde a sua estreia, nunca conseguiu agradar Silvio Santos.

A apresentadora disse que seu pai não faz questão alguma de esconder o quanto não gosta de atrações no estilo de sua antiga atração: “No ‘Vem Pra Cá’ a gente tinha pautas de saúde e pra ter esse tipo de coisa tem que ter um programa com esse formato e meu pai não amou o ‘Vem Pra Cá’. Já tiveram tentativas de programas desse jeito e meu pai não gosta. Comercialmente é um programa muito bom e tinham muitos produtos, mas meu pai não acha esse formato bom”.

Patrícia continuou batendo na tecla de que Silvio Santos não é fã de programas desse tipo e revelou que o empresário comenta que atrações como o “Vem Pra Cá”, descritas como femininas, são besteiras: “Ele fala que é um formato bate bolo e ele não ama. Esses programas femininos, não é uma coisa que ele ama. Ele já tentou algumas vezes, mas nunca caiu nas graças do meu pai e mesmo que comercialmente seja bom, ele fala que é besteira”.

Além do “Vem Pra Cá”

Durante os longos meses que o Homem do Baú precisou se manter afastado dos estúdios, Patrícia foi a responsável por substituí-lo a frente do programa “Silvio Santos”. Segundo ela, jamais conseguiu ficar totalmente à vontade comandando o programa do pai: “Vai evoluindo e se sentindo mais no seu ambiente. Eu nunca me senti no meu ambiente e sempre me senti no ambiente do meu pai, mas eu quis fazer com muito amor mesmo. A gente vai melhorando, né… Eu gosto de ir pra rua e ficar no meio da galera. Eu gosto. É uma experiência muito boa e um aprendizado. Quando Deus abre uma porta, tem que ir, tem que ter coragem, mesmo com medo, tem que ir. Entra e você vai dar conta”.