MAS JÁ?

Sem conteúdos inéditos, ‘Faustão na Band’ passa a ser reprisado

Bruno Pinto

Se encaminhando para o seu sétimo mês no ar, o “Faustão na Band”, que estreou como uma grande promessa, tem se tornado motivo de muitas dores de cabeça nos bastidores da emissora de Johnny Saad. Além dos baixos índices de audiência, algo que deixa o canal bem longe de suas principais concorrentes, o programa diário está enfrentando uma grave crise financeira, tendo em vista que ele não está conseguindo manter seus gastos com o atual faturamento.

Em meio ao momento complicado, a direção da Band acabou tendo que fazer cortes significativos na equipe de Fausto Silva. Para piorar ainda mais a situação, que já se encontra muito complicada, o “Faustão na Band” deixou de ser inédito e passou a exibir reprises de episódios descritos como “melhores momentos”. A mudança na transmissão do programa diário foi colocada em prática nesta semana e os telespectadores já não assistem mais novidades.

Embora a situação do programa diário de Fausto Silva não esteja nada animadora, ele voltará a ter episódios inéditos ainda neste mês. Caso tudo permaneça conforme vem sendo planejado, a partir do próximo dia 25, o “Faustão na Band” deixará de ser reprisado. Vale destacar que o retorno da atração também será marcado pela redução em seu tempo de duração, perdendo expressivos 30 minutos na programação da emissora de Johnny Saad.

O principal motivo pelo qual a Band passou a reprisar os melhores momentos do programa foram as férias dadas a equipe do veterano, que começou nesta segunda-feira (11) e vai até o dia 22. Por meio de uma nota, a emissora paulista confirmou as informações: “O programa apresentado por Fausto Silva irá ao ar das 20h30 às 22h até o dia 25 de agosto, véspera da estreia do horário eleitoral. Durante o período eleitoral, a atração será transmitida das 20h55 às 22h30”.

Além de uma equipe reduzida, o retorno do “Faustão na Band” já está sendo encarado como uma nova fase do programa, que deverá passar por diversas mudanças para tentar salvar aquele que já foi tido como o “Salvador da Pátria”. Para o próximo ano, a emissora paulista já está estudando cautelosamente alterações mais impactantes no programa, como o corte na quantidade de dias de transmissão, podendo passar dos cinco atuais para dois. Além disso, existe ainda a possibilidade da atração ser dominical.