BOCA NO TROMBONE

Gabriel Cartolano enfrenta saia justa e expõe “verdadeiro” Nelson Rubens

Adriel Marques

Gabriel Cartolano, apresentador e integrante do Fofocalizando, tentou se esquivar das perguntas realizadas por Patricia Abravanel. O galã do SBT foi questionado sobre o seu passado com Nelson Rubens no último domingo (3). Nitidamente constrangido e pisando em ovos, revelou como foi a aproximação com o comunicador e jornalista, que comanda o TV Fama (RedeTV!).

“Primeiro eu comecei na Record e depois fui pra RedeTV!, fui trabalhar com o Nelson [Rubens]. Enfim, ele já era do TV Fama e trabalhava lá um tempão. No início a gente não tinha muito contato, depois eu fui tendo mais contato, em relação a produção e levar roteiro. É uma pessoa extremamente exigente, isso de fato. Ele é exigente com o trabalho e é um grande profissional. Por isso que o programa, o TV Fama que ele está, já faz tantos anos no ar”, disparou Gabriel Cartolano.

“O Nelson é uma pessoa de personalidade e opinião. Se existe uma coisa que ele não deixa de falar, é dar opinião. Eu vou tirar o chapéu pra ele, porque é uma pessoa que dá oportunidade”, enfatizou Gabriel Cartolano sobre o ex-colega. Raul Gel, personagem fictício, colocou lenha na fogueira: “Falaram que você brigou com ele. A pessoa lá fora fala uma coisa e aqui fica com medo de falar para o auditório? Meteu o pau nele lá no camarim, agora vem falar que tira o chapéu?“.

“Você está causando intriga aqui. É o seguinte, eu estava lá [RedeTV!] e trabalhava no TV Fama. Eu recebi uma ligação do senhor seu pai [Silvio Santos], aí foi quando eu vim aqui pro SBT. Não tive [como recusar] com todo respeito, né?”, reforçou Gabriel Cartolano sobre a saída do antigo canal. Patricia Abravanel demonstrou curiosidade após o desligamento da concorrente: “O Nelson Rubens chegou a falar pra você não vir, alguma coisa?”. Cartolano frisou: “Não… porque foi tão rápido. Quando eu recebi a ligação, eu nem pensei duas vezes. Eu não pude nem me despedir muito. Só peguei minhas coisas e falei: ‘Vou embora, é a oportunidade da minha vida’. E estou aqui até hoje, são 6 anos”.