FALOU TUDO

Filho de Datena revela proposta e conversa com emissora

Bruno Pinto

Joel Datena foi um dos convidados especiais do “Faustão na Band”. Além de conversar sobre diversos assuntos durante o “Pizza do Faustão”, o contratado da Band surpreendeu muita gente ao fazer uma revelação sobre sua carreira. Ao ser questionado por João Guilherme, que o perguntou sobre o momento em que notou que havia conquistado seu próprio espaço na televisão, independentemente do relevância de seu pai, o jornalista contou o que quase ninguém sabia.

Sem titubear, Joel prontamente respondeu a indagação feita pelo filho de Fausto Silva e admitiu já ter conversado com uma emissora de TV interessada em contrata-lo: “Sim, eu lembro. Ocorreu quando houve o primeiro interesse de uma grande emissora em meu trabalho. Me procuraram alegando interesse no meu trabalho, a gente chegou a conversar, mas eu resolvi não levar o assunto adiante. Porém, eu utilizei muito aquele momento para tocar a minha carreira”.

Surpreso com a revelação que havia acabado de escutar, João Guilherme aproveitou o momento para rasgar elogios ao apresentador, descrito com uma grande inspiração: “Eu levo o Joel como inspiração, porque a gente vive uma questão muito parecida. Você vê um cara, filho de uma pessoa tão importante na televisão, e conseguir conquistar seu próprio espaço, pra mim, eu vejo como referência. Esse é o tipo de referência que eu sempre busco”.

Em meio a indefinição com relação a candidatura de Datena ao Senado de São Paulo, algo que acabou não ocorrendo na sequência, Joel, que foi escolhido pela alta cúpula da Band como o substituto do pai a frente do “Brasil Urgente” durante o período eleitoral, abriu o coração ao contar que não concordava com o envolvimento de Datena com a política. Em entrevista concedida à Folha de São Paulo recentemente, Joel destacou a importância do pai para a TV para justificar sua opinião a respeito do caso.

“Nem conversamos muito sobre isso, pois ele sabe da minha opinião. Sou muito cético em relação a esse assunto. Não é pela família. É por ele mesmo. Ele é um dos melhores apresentadores do Brasil e não deveria mudar de atuação”, disse o apresentador do telejornal “Bora SP”.