AO VIVO

Datena revela medo da morte e faz desabafo: ‘Senti que não ia passar por essa’

Bruno Pinto

José Luiz Datena surpreendeu muita gente recentemente ao deixar o comando do “Brasil Urgente” e revelar que havia sido internado após testar positivo para a Covid-19. Apresentando sintomas mais sérios da doença, o jornalista chegou a se comunicar com seus milhares de seguidores nas redes sociais, mas a realidade era bem mais preocupante do que parecia. De acordo com o próprio contratado da Band, teve um determinado momento em que chegou a pensar que iria morrer.

Na tarde desta segunda-feira (18), o apresentador retomou seus compromissos profissionais e revelou detalhes dos momentos de apreensão vividos durante o tempo em que ficou internado: “A coisa dessa vez foi feia. Vou contar uma coisa pra você, a trombada foi feia. Há muito tempo já venho alertando as pessoas que essa história da Covid não acabou. A gente abriu a guarda muito cedo, pra continuar usando máscara, eu fiz isso com quatro doses de vacina”.

Ao pedir para que seus telespectadores se cuidarem, tendo em vista que o vírus age de formas distintas em cada pessoa, Datena abriu o coração e revelou que, por conta dos sintomas que estava tendo, achava que não iria ganhar a luta contra a doença: “Todo mundo tem que tomar as atenções porque, de repente, tem gente que pega e não sente nada. Eu quase bati o sino. Pelo menos uns dois dias eu senti que não ia passar por essa daí. Foi uma paulada violenta”.

Por fim, o jornalista lembrou dos sérios problemas de saúde que já precisou enfrentar na vida para dizer o quanto a Covid-19 é séria: “Eu já tive tumor no pâncreas, eu tenho seis stents colocados por causa de infarto e tem um problema sério com diabetes altíssima. Mas, de todas as doenças que eu enfrentei que foram graves, essa foi a que eu senti que talvez eu não sobrevivesse, apesar de grandes médicos. Teve dois dias que eu achei que os sinos tinham tocado pra mim. Fiquei muito mal”.