Comentário machista

Apresentador de TV diz que mulher é assediada porque ‘dá liberdade’

Vitor Caique

O apresentador de TV Tony Lagos foi detonado após por ter declarado que mulheres são assediadas porque “dão liberdade”. O relato machista vindo do comunicador da TVCI foi dito durante o programa “Voz do Litoral”, exibido na última segunda-feira (11), no mesmo dia em que um médico foi preso por estuprar uma gestante durante o parto, notícia que causou comoção internacional, repercutindo nas redes e em diversos veículos de comunicação.

Com o comentário do apresentador repercutindo, o canal paranaense decidiu afastar Tony Lagos de suas atividades, pois suas falas repercutiram negativamente entre o público, além de famosos que se manifestaram publicamente, pedindo sua demissão. Com a pressão, o canal pediu desculpas nas redes e repudiou a opinião do contratado, porém, não anunciou nenhuma punição para o profissional.

“Quando alguém erra, o primeiro passo é pedir desculpas. Hoje, a TVCI vem publicamente se desculpar pelo ocorrido na última segunda-feira. Inaceitavelmente, o apresentador Tony Lagos disse que quando um homem chega a assediar uma mulher, isso acontece porque ela ‘deu liberdade’. Essa é uma fala machista. Além disso, é uma mentira. Nada justifica o assédio, o abuso ou o estupro. A culpa nunca é da vítima. Falas como essa não contribuem em nada para a construção da sociedade, e, por ter desrespeitado as mulheres, a direção da emissora entende que o apresentador Tony Lagos deve ser afastado”, comentou a direção da emissora, na abertura do programa na última terça-feira (12).