Apresentador da Band se manifesta pedindo desculpas após debochar de Richarlyson

Vitor Caique

O apresentador da Band Paraná, Ender Love, se desculpou após fazer uma piada homofóbica sobre a sexualidade do ex-jogador de futebol Richarlyson Barbosa. A manifestação do jornalista sobre o assunto aconteceu enquanto ele apresentava o programa “Vida Alheia”, veiculado nesta sexta-feira (24).

A polêmica aconteceu após Ender tirar o sarro do atleta por ter se assumido bissexual, em entrevista ao Globo Esporte. “Deixa eu falar uma coisa para você, Richarlyson. Mexerica sente o cheiro de mexerica de longe. Essa história de bissexual é no mínimo bicha, né? Bicha. Ai, Richarlyson, para. Ninguém tá te criticando, se você é hétero, bi. Eu não acredito na bissexualidade. Eu, ponto. Mas está aí, ele disse que tirou um peso das costas “, ironizou o apresentador da Rede Bandeirantes.  

Não satisfeito com as primeiras palavras, o comunicador ainda fez piadas com os torcedores do São Paulo, clube que Richarlyson atuou e foi um dos destaques e ídolos do time, entre 2005 e 2010. “Imagina isso no vestiário o trabalho que não dava, né? Ele era do São Paulo? Vai, São Paulo. Disse que a única torcida que não dava, né? Ele era do São Paulo? Vai, São Paulo. Disse que a única torcida que não briga é a do São Paulo porque ficam vendendo Mary Kay, Jequiti, Avon, na arquibancada”, debochou. 

Depois do episódio viralizar, com o apresentador virando alvo de diversos comentários negativos sobre sua postura inadequada, Ender Love voltou a falar sobre o assunto nas redes sociais, só que desta vez para se desculpar. “Hoje, eu fiz um comentário um tanto quanto desagradável a respeito da comunidade LGBTQIA+, da qual eu faço parte, da qual eu sinto o preconceito todos os dias na pele. Foi falado sobre o pessoal do São Paulo, que eu tenho um respeito muito grande, tenho amigos que torcem para o São Paulo. Sou homem gay, sim. Defendo e sempre defenderei a causa”, iniciou, por meio de uma live no Instagram.

“Se errei, meu perdão para quem se sentiu ofendido. Errar é humano. Saber pedir perdão é para poucos. Foi um erro da minha parte, mas eu sempre lutarei por qualquer tipo de causa. A vida do Ender Love no meio LGBTQIA+ não começou agora. Desculpa, de verdade, eu sou um homem gay”, finalizou, justificando seus atos, depois de ser atacado por seguidores nas redes sociais.