EM BAIXA

Após cortes, produção do ‘Faustão na Band’ define paralisação

Bruno Pinto

Prestes a completar seu sexto mês no ar, o “Faustão na Band”, que antes da estreia era tido como a grande promessa da emissora dos últimos anos, passou a ser um dos principais motivos das fortes dores de cabeça que os executivos da emissora de Johnny Saad estão tendo ultimamente. Vivendo um momento nada animador, tendo em vista os baixos índices de audiência, além do faturamento que não está sendo compatível com os gastos do programa, a direção tomou uma nova decisão.

Após promover uma série de mudanças importantes na atração diária comandada por Fausto Silva, o que inclui a demissão de alguns funcionários, a Band decidiu intensificar os trabalhos para conseguir dar um tempo de descanso aos profissionais envolvidos com o programa e tentar ao menos amenizar o clima de tensão que acabou se formando nos bastidores em decorrência de dos resultados negativos que vem acometendo o “Faustão na Band”.

Segundo informações divulgadas pelo jornalista Flávio Ricco, do portal R7, a emissora paulista definiu que as gravações das edições de julho serão antecipadas para que seja possível dar uma pausa na produção. A ideia da direção é produzir material suficiente para que os trabalhos sejam paralisados por no mínimo uma semana, tendo a possibilidade de se chegar a duas semanas ininterruptas de folga para todos aqueles pertencentes a equipe de Fausto Silva.

SITUAÇÃO COMPLICADA

Recentemente, surgiu a informação de que muitas novidades, algumas nada animadoras, pode estar por vir. Segundo notícia publicada com exclusividade pelo portal EM OFF, o departamento financeiro da emissora paulista pretende ter um controle maior sob o “Faustão na Band”, uma vez que os valores que estão sendo arrecadados são incompatíveis com os gastos que o programa gera para ser transmitido diariamente. Com isso, já corre nos corredores que, em breve, começará uma verdadeira caça às bruxas.