Detonado

Bolsonaro é criticado após zombar de carta da democracia: ‘Quanto mi-mi-mi’

Vitor Caique

O presidente da república Jair Bolsonaro (PL), se manifestou nas redes sociais na noite da última quinta-feira (28), postando sua própria “carta” pela democracia, no Twitter, caçoando e debochando do manifesto que virou alvo de diversos comentários na web. “CARTA DE MANIFESTO EM FAVOR DA DEMOCRACIA. ‘Por meio desta, manifesto que sou a favor da democracia.’ Assinado: Jair Messias Bolsonaro, Presidente da República Federativa do Brasil.”, escreveu Jair.

Bolsonaro escolheu não citar, na prática, o manifesto público em defesa da democracia organizado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), apenas se posicionou sobre o assunto, de forma indireta. Vale lembrar que a “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito!” foi lançada depois de seguidos ataques do presidente contra as urnas eletrônicas e o sistema eleitoral brasileiro.

O documento já reuniu mais de 300 mil assinaturas, incluindo a adesão de ex-ministros do STF e ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Depois das palavras de Bolsonaro no Twitter, diversos internautas opinaram sobre o assunto, criticando a postura do Chefe de Estado, que usou seu tempo para mandar indiretas e debochar do manifesto.

“Quanto mi-mi-mi, vai ficar chorando até quando por causa desta carta. Vossa Excelência tem problemas mais importantes para tratar. Deixe de lado um pouco a campanha e foca nas soluções dos problemas nacionais”, comentou um seguidor de Bolsonaro. “Você é uma pessoa egocêntrica e medíocre. Quando te criticam ou te condenam por algo você não usa argumentos sólidos ou sua visão sobre o assunto, apenas usa piadas e xingamentos com a função de esconder sua falta de argumento e seu medo sobre as ações tomadas pelo seu povo”, detonou outra internauta.

“Gostaria que o senhor saísse do twitter e fosse resolver problemas reais, minha mãe precisa de cirurgia e a fila de espera é gigante, exame demora, comida tá cara, eu não tenho tempo pra ficar com meu filho pq se eu parar as pessoas em casa morrem de fome. Faça algo útil”, comentou Lucas. “Quer enganar quem? Sempre desprezou a Democracia, exaltou ditadores sanguinários e defendeu a Ditadura!”, enfatizou outra usuária do Twitter, que afrontou as palavras de Bolsonaro.