Fome no Brasil

Pesquisa do Datafolha aponta que falta de comida atinge 1 em cada 4 brasileiros

Vitor Caique

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisas do Grupo Folha, Datafolha, divulgada na última segunda-feira (27), traz o detalhamento da crise humanitária provocada pela volta da fome no Brasil, fato que já acontece há algum tempo, e se agravou nos últimos 4 anos. O estudo mostra que 26% dos brasileiros alegaram que não tem comida suficiente para alimentar suas famílias.

No levantamento anterior, feita pelo instituto e divulgado em março, 24% disseram não ter comida suficiente em casa. A variação está na margem de erro da pesquisa, que é de 2%, mais ou menos. Toda essa situação pode significar o aprofundamento da crise humanitária, que tem ligações com a inflação, desemprego e queda de renda da população.

De acordo com os dados divulgados, 62% dos brasileiros afirmam ter comida suficiente, enquanto outros 12% afirmam que em suas casas sobra comida. Esses percentuais se mantêm praticamente inalterados desde o início dos levantamentos, que foi em maio de 2021. A pesquisa só exemplifica e confirma que os mais afetados pela falta de alimentos são os mais pobres, com as pessoas com renda familiar de até dois salários mínimos, em média 38%, dizendo não ter comida suficiente em suas respectivas casas.

Um fato importante destacado nas informações divulgadas pelo DataFolha, é que a falta de comida atinge com mais força as populações da região Nordeste, onde 32% dizem ter menos comida do que o suficiente, em segundo lugar no ranking fica o Norte, com 30%. Na região Sul o percentual cai para 24%, e o mesmo índice foi registrado no Centro-Oeste. Já na região Sudeste, o número ficou em 22%.