Jovem usa ferro quente para marcar número de Bolsonaro no corpo

Vitor Caique

Em um leilão de gado, realizado em Mirassol D’ Oeste, município em Mato Grosso a 297 km de Cuiabá, um adolescente de 17 anos decidiu marcar sua pele, “tatuando” o “22” nas costas, número que faz jus a legenda do presidente Jair Bolsonaro (PL). A marcação foi feita com ferro em brasa, material utilizado para marcar bois em fazendas.

O jovem Guilherme Henrique Moreira Santos, que é emancipado, decidiu fazer a marca por se sentir desafiado pelos amigos que são de esquerda, segundo relatos de sua mãe, Layane Moreira. Em entrevista ao portal RD News, a mãe do jovem contou que a marca foi feita em 12 de junho, durante um leilão. Segundo relatos, o pai do adolescente era coordenador do evento, que foi realizado em em prol do Hospital do Câncer de Barretos.

“Guilherme estava trabalhando na equipe de manejo do gado. Meu filho tem um grupo de amigos de esquerda e ele se sentiu desafiado. E, como é um menino bem rústico e corajoso, pediu para um menino carimbá-lo. Um não aceitou, mas o outro sim e fez a marca”, comentou a mãe do rapaz, que é pró-Bolsonaro.