DEU RUIM

Ivo Holanda é censurado após ameaças de morte

Bruno Pinto

Ivo Holanda foi o convidado especial do podcast “Inteligência Ltda”. Além de falar um pouco sobre sua vida íntima, um dos atores de pegadinhas mais conhecidos do país abriu o jogo e revelou os bastidores das divertidas “Câmeras Escondidas”, atração exibida atualmente no “Programa Silvio Santos”. Segundo Ivo, já aconteceram diversos imprevistos durante as gravações, alguns tão sérios, a ponto de colocar sua própria vida em risco.

Durante o bate-papo com o apresentador e humorista Rogério Vilela, Holanda contou que ameaça de morte é algo que acabou se tornando “comum” ao longo de sua carreira como ator de pegadinhas e relembrou um acontecimento ocorrido há alguns anos: “Lógico [que já houve várias ameaças]. Muitas coisas hoje sou proibido de fazer [da forma] como era antes. É moderado. No Rio de Janeiro um cara pegou meu braço e ia quebrar. Já houve várias [ameaças]”.

Na sequência, Ivo falou de outro caso: “Quando estava fazendo [uma pegadinha] na Avenida da Liberdade, eu estava lá, as pessoas sentadas comendo, e vai uma atriz bonita da nossa equipe e senta na mesa para comer junto com alguns caras. Daí vai eu, pensa num mendigo, cara relaxado, chego e falo com a moça: ‘Oi, tudo bem?’. Ela: ‘sim’. Pergunto para o cara [do lado]: ‘você conhece?’. Ele responde: ‘não sei quem é’. Aí eu vou, pego na cabeça dela e dou um beijo na boca. Aí o cara ficou doido e pulou em mim, pega, joga aqui, chuta, aí veio a produção rápido, diz que participou da pegadinha, dá uma graninha e refaz [a cena]”

Por fim, Holanda relembrou de um dos momentos mais tensos vividos, em que um homem surge armado para enfrentá-lo: “[Numa das gravações] olhei para fora e tinha um cara conversando com o motorista, olhei mais ou menos e não dei bola, o cara com revólver, falando para o motorista: ‘esse doido, retardado, vou acabar com ele. Um maluco doido beijando a moça’. O motorista segurou ele e pediu para não fazer isso. Tirou a arma da mão e explicou que eu sou ator do SBT. O diretor ficou sabendo, parou tudo, foi conversar com o cara, explicar tudo”.