Ação judicial

Erlan Bastos vence processo contra ex de Whinderson Nunes

Vitor Caique

Maria Lina, ex-namorada do humorista e influenciador digital Whindersson Nunes, perdeu uma ação que movia contra o jornalista Erlan Bastos. A influencer entrou na Justiça recentemente, movendo uma ação contra o comunicador, alegando que ele teria feito publicações ofensivas em rede social, solicitando uma indenização de R$ 44 mil. Mas, o pedido foi negado pela justiça.

Maria Lina entrou na Justiça contra Erlan Bastos por dano moral, após o apresentador ter publicado uma notícia logo após o término de seu relacionamento com Whindersson Nunes. O texto falava sobre a vida pessoal de Lina, com o foco em um possível novo relacionamento da blogueira com seu assessor pessoal, Roosevelt Cortez. Na ocasião, a influencer ainda se manifestou, explicando as informações sobre a matéria.

Venho a público manifestar total repúdio a toda e qualquer informação veiculada sobre minha pessoa. Diante disto, cabe o esclarecimento quanto a minha relação com Rooselvet Cortez, onde simplesmente tenho como amigo de muito anos e que nestes momentos da minha vida vem auxiliando, e muito, no lado profissional.”, disse Maria, logo de início do comunicado nos stories do Instagram.

A estudante de engenharia civil ainda afirmou que o assunto seria tratado por meio judicial. “Nossa equipe jurídica tomará todas medidas cabíveis para que este retrate-se em meio público e possa reparar os danos que veem causando aos envolvidos”, afirmou. A ação de Maria contra Erlan Bastos pediu R$ 44 mil, com a alegação de que os fatos veiculados pelo jornalista seriam falsos. O juiz responsável pelo caso julgou o pedido e negou, afirmando que por Lina ser uma celebridade, ela está sujeita à exposição de sua vida privada. A decisão ainda cabe recurso.