SE ARREPENDEU

Deborah Secco faz cirurgia e se desespera após resultado: ‘Fiquei um alien’

Adriel Marques

Deborah Secco abriu o coração e conversou com Patrícia Kogut (O Globo), sobre pressões estéticas impostas pela profissão. A atriz durante o bate-papo falou sobre um dos procedimentos que gostaria de reverter, voltando atrás do resultado. Segundo a celebridade, a mudança deu errado e trouxe prejuízos. Surpreendendo os internautas, a global disse que ficou parecendo um extraterrestre.

Eu fiz algumas coisas quando era jovem. Até que realizei um procedimento há uns anos que deu muito errado. Sofri muito. Fiz preenchimento de olheira e maxilar. Ficou um horror, desfiz no mesmo dia. Quando cheguei em casa, o Hugo falou: “Isso é muito preocupante. Você não gosta de quem você é”. Desde então, parei de fazer tudo. Porque fiquei um alie”. Isso tem uns três anos. Me tocou o que ele falou. Ele me lembrou: “Você vai cair de novo naquele erro de buscar a perfeição inatingível?”, disparou Deborah Secco.

Mesmo com o procedimento anterior dando errado, Deborah Secco ainda pretende fazer uma nova mudança no corpo: “Queria agora talvez tirar o peito. Não sou contra quem faz, só que tem quer ter muito sentido. Não pode ser banal. Se um nariz de fato incomoda, então, vai lá. Para mim, hoje não faz sentido. Até penso em tirar, mas não tenho coragem. Depois que a Maria nasceu, tenho muito medo de morrer. Fico com medo de anestesia porque tenho alergia a remédios. Tenho medo real de choque anafilático”.

Sobre a questão estética e estar com a forma em dia, Deborah foi direta na resposta: “Eu não acho que estou na melhor forma que tive na vida. Super tenho questões. Mas sou o melhor que consigo ser hoje. Agora lido melhor com minha imperfeição. Claro que, quando postou, procuro um ângulo melhor, posiciono a câmera em cima e coloco um filtro na cara amassada. Mas está tudo bem ser flagrada ou não no melhor ângulo ou ver uma foto que não me favorece”.

“Isso tem importância nula para mim. Antes, quando era mais jovem, tinha muita preocupação em aparecer perfeita o tempo inteiro, não só no âmbito físico. Jamais daria entrevistas como as que estou dando ultimamente. Talvez mentiria. Hoje não quero ser hipócrita. Meus erros não me definem. Estou mais livre das amarras da perfeição. Ir à praia não me incomoda mais. Se sair foto toda cagada, tudo bem. Estou sem malhar há um tempo, com bunda mole e barriga flácida. Não tenho mais essa vaidade”, finalizou Secco.