CACHORRADA

Cauã Reymond se envolve em barraco com rapper em condomínio de luxo

Adriel Marques

Cauã Reymond, ator e modelo, está envolvido em uma confusão com outro famoso polêmico. De acordo com o Jornal Extra, o ator da Globo e o rapper Orochi estão protagonizando um barraco por causa de cachorros da raça Pitbull. O veículo de comunicação noticiou que a Polícia Civil do Rio de Janeiro, instaurou inquéritos para investigar o músico. O motivo do inquérito? Crime de maus-tratos contra animais, omissão de cautela na guarda ou condução de animais e perigo para a vida ou saúde de outrem.

Segundo vizinho do rapper Orochi que reside no Joá, em um condomínio luxuoso no Rio de Janeiro, os seus três Pitbulls andam sem coleira e focinheira. De acordo informações do portal de notícias, os cachorros teriam inclusive dilacerado outros cães e também machucado moradores. Uma idosa com demência teria sido uma das vítimas. Outra vítima do ataque canino seria o ator Cauã Reymond, atacado enquanto caminhava com Mariana Goldfarb, esposa e modelo. A filha Sofia, fruto do relacionamento com Grazi Massafera, também estava no passeio com o global e seus outros dois cãezinhos.

Leandro Gontijo, Delegado Titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), revelou para o Jornal Extra que os procedimentos começaram após representantes da Sociedade dos Amigos da Joatinga (SAJO) procurarem a delegacia: “Diante da notícia de crimes graves, que têm aterrorizado a população local com risco a integridade física de pessoas e outros bichos, tentamos intimar o dono dos Pitbulls para que prestasse esclarecimento sobre os casos, sem sucesso. Com isso, representamos ao poder judiciário pela proibição da guarda e também pela busca e apreensão desses animais, para que sejam recolhidos e cuidados por uma instituição a ser indicada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Dos Animais (SMPDA)”.

Em nota enviada para O DIA, Orochi negou ser dono dos Pitbulls. Muito menos que seus cachorros teriam atacado o ator Cauã Reymond, que registrou boletim de ocorrência após o acidente. O ex-marido de Massafera teria sofrido os ataques no último Dia dos Namorados. Um dos seus cachorros foi quem o protegeu e evitou que o pior acontecesse: “Os fatos alegados são contraditórios e serão devidamente apurados no judiciário. Os cães não são da minha propriedade, assim como em todos os supostos episódios de fugas dos cães eu não tive qualquer ação ou omissão que deixasse os cães escapar”, disparou o rapper.

Orochi também levantou outro alerta no comunicado oficial. Desabafando sobre o ocorrido, o cantor famoso deixou subentendido que a acusação também estaria relacionada ao crime de racismo: “Apesar disso, há uma ainda não explicada intenção de atribuir a mim, talvez o único jovem negro proprietário de um imóvel no Joá, a pecha de criminoso”.